Bomba de Combustível

Comentários: 0

Você sabe o que a bomba de combustível faz e como preservá-la?
Sabia que não há manutenção desta peça?

Não se preocupe! Ensinaremos tudo o que você precisa saber para que a bomba de combustível do seu carro dure mais.

Para começar, vamos entender o que ela faz: sua função é a de bombear o combustível que está no tanque para fazer com que o motor funcione. Assim sendo, o motor tem força para rotacionar seus pistões.
Existem dois tipos de bomba: mecânica e elétrica. A mecânica está presente em carros carburados e é movida por um eixo, enquanto a bomba elétrica se encontra em carros com injeção eletrônica e é acionada por um motor. Dentre as bombas elétricas, temos mais dois tipos: interna e externa ao tanque. Como o próprio nome já diz, a primeira está inserida dentro do tanque de combustível e aspira este através de um tubo e manda para os bicos injetores, já o segundo tipo se encontra no chassi do carro e é ligada por um tubo ao tanque de combustível, exercendo a mesma função que a interior.


O “problema” é que a bomba de combustível não possui manutenção. Mas nós temos a solução!
Para que ela não estrague, é preciso cuidar de outros itens, como o filtro de combustível e o pré-filtro. É muito importante que abasteça sempre com gasolina, diesel de qualidade, seja qual for que você usa. Além disso, andar com o carro na reserva não é bom, pois é com o combustível que a bomba é resfriada. Claro que, se seguir os prazos de troca e manutenção dos filtros conforme a montadora determina, a bomba terá vida útil maior.


Se não for bem cuidada, a bomba pode ter problemas como a diminuição de vazão e rotação elevada, o que exigirá um consumo maior de combustível, refletindo no seu bolso. Outros problemas como queda de pressão interna do motor e, em último caso, o não funcionamento da bomba acarretará no não funcionamento do motor, pois este não será suprido de combustível.
Para diagnosticar problemas na bomba de combustível em carros com injeção eletrônica é fácil: basta um scan de diagnose para mostrar os erros, mas o resultado deve ser bem avaliado e interpretado pelo mecânico para que se tenha um diagnóstico preciso, fazendo inclusive testes complementares ( manômetro, teste de vazão, etc…)
É comum que encontremos em oficinas bombas recondicionadas e reutilizadas. Assim, o consumidor não precisa pagar um preço elevado. Mas lembrem-se: muitas vezes o barato sai caro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>